Blog da área de Ciência das Religiões (Grupo Lusófona)
.posts recentes

. Diplomatas de Israel proc...

. Papa Bento XVI resigna, d...

. Manuscritos destruídos sã...

. Opus Dei proíbe 79 livros...

. Ramo português da Igreja ...

. Ortodoxos russos e católi...

. Arqueólogos acreditam ter...

. Proibição da circuncisão ...

. Mulher atacada por ultra-...

. Calendário ecuménico Cele...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Google Analytics
Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
Cérebro dos Neandertais era semelhante ao dos humanos modernos à nascença

A conclusão é de um estudo recentemente publicado que comparou as impressões virtuais do cérebro em desenvolvimento e das estruturas envolventes nos crânios de humanos modernos e de Neandertais, e que afirma também que as diferenças entre eles surgem no primeiro ano de vida.

Cientistas do Max Planck Institute for Evolutionary Antropology publicaram recentemente na revista Current Biology os resultados de um estudo que pode ser elucidativo no que diz respeito ao muito debatido tema da semelhança/diferença das capacidades cognitivas de humanos e Neandertais .

Os investigadores analisaram as impressões virtuais deixas pelo cérebro em desenvolvimento e pelas estruturas circundantes nos crânios de humanos modernos e fósseis, tendo concluído que à nascença, o cérebro de humanos e Neandertais é semelhante, desenvolvendo-se as diferenças ao longo do primeiro ano de vida.

Com efeito, ambos recém-nascidos de humanos modernos e Neandertais apresentam uma caixa craniana alongada, mas no primeiro caso esta evolui para uma forma mais globular durante os primeiros 12 meses.

Philipp Gunz, do Max Planck Institute explica que estas diferenças reflectem, muito provavelmente, alterações nos circuitos cerebrais, que determinam as capacidades cognitivas.

Deste modo, afirma o cientista “Não é provável que os Neandertais vissem o mundo como nós o vemos”, o que vem contradizer a teoria de que, visto que o tamanho do cérebro em humanos modernos e Neandertais é sobreponível, ambas as espécies seriam semelhantes em termos de capacidades cognitivas.

Fonte: www.sciencedaily.com e www.cbsnews.com

sofia s.

publicado por Re-ligare às 13:06
link do post | comentar | favorito
|
.Google Analytics
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds