Blog da área de Ciência das Religiões (Grupo Lusófona)
.posts recentes

. Diplomatas de Israel proc...

. Papa Bento XVI resigna, d...

. Manuscritos destruídos sã...

. Opus Dei proíbe 79 livros...

. Ramo português da Igreja ...

. Ortodoxos russos e católi...

. Arqueólogos acreditam ter...

. Proibição da circuncisão ...

. Mulher atacada por ultra-...

. Calendário ecuménico Cele...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Google Analytics
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009
Patriarca: Repensar a civilização é o desafio cristão

Repensar a civilização é o desafio cristão

Patriarca diz que gostaria de ver uma grande cimeira sobre a civilização que queremos legar aos nosso filhos.

"Estamos num tempo em que isto já não vai lá com lutas sectoriais e soluções parciais. Estamos num tempo em que o grande desafio é de correcção de rota em termos de civilização", afirmou D. José Policarpo durante a missa de Natal que celebrou na Universidade Católica.

"Têm-se feito grandes cimeiras, parece que a última é sobre Ambiente, sobre a chuva e o sol, mas fazem-se grandes cimeiras sobre a questão financeira, sobre a crise económica, sobre a globalização, sobre isto e aquilo. Ainda não vi uma grande cimeira sobre a civilização, a necessidade de repensarmos a nossa civilização", disse.

Trata-se, segundo D.José Policarpo, de responder a uma pergunta muito simples: "Que Humanidade queremos ser e que Humanidade queremos legar àqueles que virão depois de nós".

Para D.José, "este é o desafio cristão".

"O grande desafio que se põe à Igreja do nosso tempo, mais do que a prática religiosa (...) é se somos ou não somos obreiros e testemunhas desta sociedade nova", declarou, assumindo que a tarefa "não é fácil".
O cardeal frisou que o encontro com Deus se faz de muitas maneiras e pode realizar-se para além e fora dos momentos sagrados já catalogados: "Pode realizar-se no âmago da nossa vida, onde nos encontramos a lutar e a sofrer com todos os outros homens nossos irmãos por uma sociedade digna do Homem, se é que lutamos por isso porque hoje há muita gente que luta por outras coisas, pelos seus interesses imediatos, para que a sua visão das coisas seja a triunfante...".

Para o início da celebração foi escolhido um texto bíblico sobre a genealogia de Jesus, justificado pelo cardeal com uma frase - "O mundo nunca se afastará da Casa de Judá".

 

Fonte: RFM Online

 

Sof S.

publicado por Re-ligare às 10:09
link do post | comentar | favorito
|
.Google Analytics
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds