Blog da área de Ciência das Religiões (Grupo Lusófona)
.posts recentes

. Diplomatas de Israel proc...

. Papa Bento XVI resigna, d...

. Manuscritos destruídos sã...

. Opus Dei proíbe 79 livros...

. Ramo português da Igreja ...

. Ortodoxos russos e católi...

. Arqueólogos acreditam ter...

. Proibição da circuncisão ...

. Mulher atacada por ultra-...

. Calendário ecuménico Cele...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Google Analytics
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010
Violência inter-religiosa

Nigéria: Calma regressa a Jos

Depois de vários dias de conflitos, que causaram cerca de meio milhar de mortos, a calma parece ter regressado à cidade partilhada por cristãos e muçulmanos.

As autoridades nigerianas permitiram ontem que milhares de residentes de Jos voltassem às suas casas, relaxando um recolher obrigatório de 24 horas que tinha sido imposto para controlar a violência que, nos últimos dias se apoderou da cidade.

Cerca de 460 mortos, mais de mil feridos e milhares de desalojados foram os resultados de um conflito que começou quando um grupo de muçulmanos incendiou uma igreja católica na durante a missa dominical.

Alertada para o ataque a comunidade cristã terá contra-atacado. Segundo representantes da comunidade islâmica a maioria dos mortos são muçulmanos, cerca de 400, sendo os restantes cristãos.

A situação só começou a ficar controlada com a entrada do exército, por ordem do vice-presidente Goodluck Jonathan. O presidente da república está ausente do país por motivos de saúde.

A população nigeriana divide-se entre cristãos e muçulmanos, mas as comunidades estão divididas geograficamente. Os muçulmanos estão concentrados a norte, onde ao longo dos anos se tem imposto a lei islâmica, e os cristãos a sul. No centro do país, em cidades como Jos, vivem lado a lado, o que por vezes leva ao surgimento de graves conflitos.

Cerca de 700 pessoas morreram pela mesma razão em 2008, e mais de mil em 2001.

 

FRonte: RFM Online

publicado por Re-ligare às 16:52
link do post | comentar | favorito
|
.Google Analytics
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds