Blog da área de Ciência das Religiões (Grupo Lusófona)
.posts recentes

. Diplomatas de Israel proc...

. Papa Bento XVI resigna, d...

. Manuscritos destruídos sã...

. Opus Dei proíbe 79 livros...

. Ramo português da Igreja ...

. Ortodoxos russos e católi...

. Arqueólogos acreditam ter...

. Proibição da circuncisão ...

. Mulher atacada por ultra-...

. Calendário ecuménico Cele...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Google Analytics
Terça-feira, 23 de Março de 2010
Mais um ataque grotesco a cristãos no Paquistão

Mais um ataque grotesco a cristãos no Paquistão.

 

Um homem foi queimado vivo e a sua mulher violada por se recusarem a abandonar o Cristianismo.

Arshed e Martha Masih são as duas mais recentes vítimas de intolerância anti-cristã no Paquistão. Ambos trabalhavam para um muçulmano influente, na zona de Rawalpindi, que lhes terá intimado a converterem-se ao Islão.

Depois de ter recusado a proposta do seu patrão, Arshed foi avisado de “duras consequências” caso continuasse a professar o Cristianismo. Então, sugeriu que ele e a esposa deixassem os seus empregos de motorista e empregada na casa de Sheikh Muhammad Sultan, onde viviam juntamente com os seus dois filhos, mas o empresário muçulmano ameaçou matá-lo se partisse.

O ataque surgiu finalmente às mãos de agentes da polícia, às portas da esquadra local. Enquanto o marido era incendiado, Martha foi violada. Os filhos, entre os 7 e os 12 anos, foram obrigados a observar toda a cena.

Arshed ficou com queimaduras em 80% do corpo, e é muito pouco provável que sobreviva. As autoridades do Governo Regional de Punjab prometem tomar medidas para prender os culpados, mas no Paquistão são poucos os cristãos que confiam na justiça nestes casos.

Este ataque surge uma semana depois da publicação do Observatório de Liberdade Religiosa no Mundo para 2009, da organização Ajuda à Igreja que Sofre. A AIS destaca o aumento da perseguição contra cristãos durante o ano transacto, e realça o Paquistão como um dos 13 onde a situação se tornou particularmente preocupante.

 

Fonte: RFM Online

publicado por Re-ligare às 13:16
link do post | comentar | favorito
|
.Google Analytics
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds