Blog da área de Ciência das Religiões (Grupo Lusófona)
.posts recentes

. Diplomatas de Israel proc...

. Papa Bento XVI resigna, d...

. Manuscritos destruídos sã...

. Opus Dei proíbe 79 livros...

. Ramo português da Igreja ...

. Ortodoxos russos e católi...

. Arqueólogos acreditam ter...

. Proibição da circuncisão ...

. Mulher atacada por ultra-...

. Calendário ecuménico Cele...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Google Analytics
Quinta-feira, 29 de Abril de 2010
Mito/Ciência: Polícia escocesa em 1930 acreditava no Nessie - documentos

Novos documentos divulgados na terça feira na Escócia mostram que durante os anos de 1930 a Polícia local estava convencida que algum tipo de criatura habitava o lago da região das Terras Altas, o Lago Ness.

Segundo a documentação do Arquivo Nacional da Escócia, agora conhecida, as autoridades tinham tanta certeza que manifestaram preocupação acerca da melhor forma de proteger a criatura de caçadores, como Peter Kente e Marion Stirling, que estariam determinados a capturá-lo “vivo ou morto”, com um “arpão especial”.

Os polícias locais chegaram a pedir ao Parlamento britânico para investigar a situação e confirmar a existência do monstro, em nome da ciência.

“Há uma estranha criatura no Loch Ness, sem dúvida. Mas se a Polícia tem poder em protegê-la já é algo de muito duvidoso”, escreveu William Fraser, um responsável policial.

A proteção policial não chegou a acontecer, undo os documentos, por se achar que seria melhor não matar o monstro “ou o mito”, ao colocar câmaras ou observadores junto ao lago.

Os denominados ficheiros Nessie, mantidos secretos durante 70 anos, foram revelados numa exposição sobre segredos do Governo.

Nessie é o nome do suposto monstro que nada no mais fundo lago britânico, com cerca de 230 metros de profundidade, mais do que o Mar do Norte.

A lenda data do ano 565 da era cristã, quando o monge irlandês Santo Columba afastou um monstro aquático com o poder da oração, segundo relatam os documentos.

A exposição apresenta uma resenha de notícias da imprensa da altura e testemunhos de crentes na criatura do Lago Ness e também de céticos.

O mito em torno do monstro tem inspirado escritores e realizadores de cinema e alimentado o turismo naquela região.

 

Fonte: Correio do Minho Online

sofia s.

publicado por Re-ligare às 12:37
link do post | comentar | favorito
|
.Google Analytics
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds