Blog da área de Ciência das Religiões (Grupo Lusófona)
.posts recentes

. Diplomatas de Israel proc...

. Papa Bento XVI resigna, d...

. Manuscritos destruídos sã...

. Opus Dei proíbe 79 livros...

. Ramo português da Igreja ...

. Ortodoxos russos e católi...

. Arqueólogos acreditam ter...

. Proibição da circuncisão ...

. Mulher atacada por ultra-...

. Calendário ecuménico Cele...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Google Analytics
Sexta-feira, 23 de Julho de 2010
Évora: Jesuítas assinam protocolo com a Fundação Eugénio de Almeida

A Província Portuguesa da Companhia de Jesus e a Fundação Eugénio de Almeida assinaram um protocolo de colaboração que passa a reger as relações entre as duas instituições.

A colaboração entre a Companhia de Jesus e a Fundação Eugénio de Almeida teve início nos anos sessenta do século XX, tendo levado à criação, em Évora, em 1964, do Instituto Superior de Economia e Sociologia (ISESE).

Nesse contexto, a Fundação proporcionou as condições necessárias ao regresso da Companhia de Jesus a Évora - donde saíra com a expulsão pombalina de 1759 - cedendo-lhe instalações para a actividade lectiva e para residência da comunidade.

As circunstâncias da permanência dos jesuítas em Évora alteraram-se profundamente com o encerramento da actividade lectiva do ISESE, em 1975, mantendo-se apenas o acesso à sua biblioteca e a publicação da revista Economia e Sociologia.

Na sequência do protocolo agora assinado, a Companhia de Jesus aceita deixar os espaços da actual residência, que a Fundação Eugénio de Almeida pretende integrar num amplo projecto cultural.

Por outro lado, a Companhia de Jesus propõe-se apoiar, na medida das suas competências, a Fundação Eugénio de Almeida no cumprimento da sua missão em prol do desenvolvimento integrado da cidade de Évora e da sua região.

A Fundação Eugénio de Almeida, no âmbito do protocolo, propõe-se contribuir para o desenvolvimento estruturado e sustentado do projecto pastoral da Companhia de Jesus em Évora, comprometendo-se a garantir a abertura de uma nova residência e espaço pastoral, até 2012.

Até essa data, a Fundação disponibilizará transitoriamente à Companhia de Jesus uma casa na Quinta de Valbom para onde a Comunidade se transferirá durante o Verão de 2010.

 O mesmo protocolo estabelece que a Fundação Eugénio de Almeida é constituída depositária da biblioteca do ISESE, que se mantém propriedade da Companhia de Jesus mas será transferida para a sede da Fundação que garantirá as condições necessárias para a sua consulta pública.

Actualmente, residem em Évora cinco sacerdotes jesuítas.


Fonte: Agencia Ecclesia Online

publicado por Re-ligare às 17:46
link do post | comentar | favorito
|
.Google Analytics
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds